quinta-feira, 31 de agosto de 2017

Ingenuidade

Boa Tarde a todos, o meu nome é Catarina, tenho 28 anos e só na 2ª feira é que percebi o verdadeiro significado da música do Quim Barreiros: Melhor Dia Para Casar. 

Na minha ingenuidade era o 31 de Julho só porque sim. Porque o Quim assim o queria, porque em Agosto está muito calor, porque toda a gente vai de férias e é chato, por aí. 

Afinal não. Afinal é a 31 de Julho porque depois entra a gosto.

Alguém está comigo nesta? Não, pois não?

Estou sozinha..tudo bem. 

14 comentários:

  1. No outro dia tinha umas colegas no trabalho a cantarolar isso muito inocentemente e tive de ir lá explicar o "entra a gosto" :p
    1 de Setembro é muito melhor para casar :)
    P.s. também já sabes do "banana pêssego aka banana para esse cu"...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. aposto que pararam logo com a palhaçada!! ahah
      1 de Setembro foi mesmo o melhor dia para casar.

      Eliminar
  2. P.S.2. Acho que também só sei pk o Francisco me explicou!!

    ResponderEliminar
  3. Eheheh... definitivamente sozinha. Mas, deixa lá, eu antes de ouvir essa música pensava que era uma anedota! :P

    ResponderEliminar
  4. João Cunha, eu também pensava que era uma anedota antes de saber que era uma música xD

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. mas que coincidência engraçada senhores pombinhos!

      Eliminar
  5. Opah, ainda agora cheguei aqui ao blog e já me estou a rir! As músicas do Quim têm sempre uma "particularidade" (chamemos-lhe particularidade) engraçada ahaha

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem que é esse o efeito do meu blog em ti, Andreia :)

      Pois têm.. não sei o que me deu na cabeça por achar que aquela poderia ser uma música normal.

      Eliminar
  6. Quem é esse senhor? Aquele que tem um vespeiro de vespaas asiaticas no quintal, em Ponte de Lima?

    Gosto muito, mas sabes que depois do 3º Red Bull com Vodka já não percebia muito o senhor (isto a alguns anos atrás, não vou dizer quantos, nos arraiais da faculdade).

    E de resto, acho que apenas conheço o "Quero cheirar o teu bacalhau".

    Percebes que não está a falar do forno dela, certo, ups, espera, no fundo também...bom...isto é um blogue sério e familiar, ficamos pr aqui.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, pelos vistos precisas de um Mestrado em Línguas e Cultura Portuguesa para entenderes os trocadilhos do Senhor Quim.

      A do bacalhau, felizmente, conheço..e desde pequenina! K'orgulho.

      Eliminar

O teu comentário é muito importante para mim :) Clica em "Notificar-me" para receberes a minha resposta.

Ao comentares ficas automaticamente inscrito no sorteio de um fantástico automóvel.